quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Rouquidão

Estou rouca dos sentires
...dos porquês e dos poréns.
Estou rouca dos pensares
...dos serás e dos talvez.
Estou rouca dos sentidos
...dos vereis e dos dirás.

Rouca simplesmente.
Quase louca.
Tentando parar de te desejar.
Querendo não querer ir te encontrar.
E eu sei que poderia esperar quase uma eternidade.
Rouca eu fico de sussurrar teu nome que o corpo não posso tocar.

Um comentário:

Tiago F. Moralles disse...

O que as palavras não revelam mais,
o corpo se encarrega eternamente.